Walter Évora, membro do PAICV

Cabo Verde: PAICV afirma que desigualdades sociais aumentaram com governação do MpD

O deputado do PAICV, Walter Évora, afirmou na terça-feira, 26 de fevereiro, que o fosso e as desigualdades sociais têm aumentado em Cabo Verde com a governação do MpD. As declarações foram feitas em conferência de imprensa para a antevisão do debate mensal no Parlamento com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, sobre a situação social e ambiental, que se realiza esta quarta-feira, 27, sob proposta da UCID.

De acordo com Évora, a proposta da UCID é considerada pelos deputados do PAICV como “pertinente e atual”, tendo em conta “os problemas sociais e ambientais sérios que, neste momento, em Cabo Verde carecem de respostas imediatas”.

“Desde logo mereceu a nossa atenção o grave problema habitacional que temos em Cabo Verde, um problema muito complexo (…) temos constatado que o governo da República não tem políticas públicas direcionadas para este setor e a única medida de política que se tem socorrido para minimizar esse problema são as habitações construídas no âmbito do antigo programa Casa Para Todos que esse Governo desmantelou”, referiu.

Para o político, o Governo do MpD tem mostrado ser “um governo que dá mais atenção às elites, em vez das pessoas e dos cidadãos cabo-verdianos que vivem em situação de pobreza”, considerando como prova disso “o fosso e as desigualdades sociais em Cabo Verde”, que “têm aumentado”.

Quanto às questões ambientais, apontou para o problema da proliferação do lixo em várias regiões do país, perante o qual os municípios se têm revelado “impotentes”. Por isso, entende que “há claramente a necessidade de intervenção governamental porque ameaça, inclusive, as economias das ilhas ditas turísticas”.

Foi igualmente mencionado o problema do desemprego, que, após três anos de “seca severa”, o Governo tem sido “incapaz” de elaborar políticas públicas eficazes para diminuir esse problema social, segundo o membro do maior partido da oposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia diz que não entra na NATO se garantirem segurança do país

Ucrânia diz que não entra na NATO se garantirem segurança do país

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, garantiu nesta quinta-feira, 10 de março, que o país está disposto…
Portugal respeita posição de Angola sobre guerra na Ucrânia

Portugal respeita posição de Angola sobre guerra na Ucrânia

O novo Embaixador português em Angola, Francisco Duarte, entregou nesta quarta-feira, 09 de março, cartas credenciais no Palácio Presidencial em…
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE: Aumento do Salário mínimo

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE: Aumento do Salário mínimo

O São-tomense e sindicados chegam ao consenso sobre o salário mínimo na função pública que sobe já a partir de…
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE: Vila Nova arranca a semana da economia

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE: Vila Nova arranca a semana da economia

São Tomé-10-Mar-2022- Iniciou na passada segunda-feira a semana nacional de Economia Azul, e foi presidido pelo Presidente da República Carlos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin