Cabo Verde: PAICV apresenta resolução para auditoria ao Mercado do Coco

O grupo parlamentar do PAICV deu entrada no Parlamento cabo-verdiano a uma proposta de resolução a solicitar ao Tribunal de Contas a realização de uma auditoria às obras do Novo Mercado do Município da Praia. 

O maior partido da oposição no país quer ver esclarecido o processo de construção do Mercado do Coco, iniciada em 2011 e que ainda não foi concluída. Trata-se de um projeto orçado em 330 milhões de escudos, financiado através de um empréstimo obrigacionista junto da Bolsa de Valores de Cabo Verde, cuja conclusão estava prevista para 2014. 

De acordo com os dados do projeto, a construção do novo mercado adota o conceito arquitetónico de “Shopping Center”, com diversas áreas de negócios de mercadorias e vários produtos. A primeira fase desenvolve-se pela conclusão da construção do rés-do-chão e do 1.º piso e pela construção do 2.º piso de raiz. 

Os trabalhos do Mercado do Coco foram interrompidos e retomados por uma nova construtora no final de 2015. No entanto, voltaram a ser paralisados porque a estrutura “não tem os requisitos mínimos de segurança, sendo expectável que o seu colapso ocorra quando sujeita à totalidade das cargas que estão previstas”

“Nessa altura, só em empreitadas de construção, o Novo Mercado do Município da Praia, que deveria ter sido concluído em 2014, consumira já aos cofres do Estado, o montante de 521.732.363$00 (quinhentos e vinte e um milhões, setecentos e trinta e dois mil, seiscentos e sessenta e três escudos)”, refere a nota justificativa da proposta de resolução, citada pela “Inforpress”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Administração pública instrumento dos políticos para pagarem apoios

Guiné-Bissau: Administração pública instrumento dos políticos para pagarem apoios

A Rede Oeste Africana para Edificação da Paz (WANEP) denuncia ajuste de conta na administração pública guineense e alerta para…
Moçambique: Governo analisa Proposta da Estratégia da Política da Juventude

Moçambique: Governo analisa Proposta da Estratégia da Política da Juventude

O Governo moçambicano e os seus parceiros querem operacionalizar a Proposta de Estratégia de Implementação da Política da Juventude 2023-2024.…
Angola prevê crescimento económico de cerca de 3%

Angola prevê crescimento económico de cerca de 3%

O secretário de Estado para o Planeamento de Angola, Luís Epalanga, avançou que a economia do país deverá alcançar um crescimento…
Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…