Cabo Verde: PAICV diz que Governo discrimina câmaras da oposição

A Comissão Política Regional do PAICV de Santiago Sul fez um balanço negativo acerca da governação do MpD, tendo considerado a mesma um “fracasso” no que diz respeito à realização de projetos de desenvolvimento regional.

O Governo foi acusado de discriminar as câmaras do PAICV na região. “Santiago Sul é um exemplo do fracasso governamental do MpD na realização de um projeto integrado de desenvolvimento regional, daí que manteremos firmes em confrontar o governo com a sua incapacidade e incompetência para com a região”, declarou o presidente da Comissão Política Regional do PAICV de Santiago Sul, Carlos Tavares.

O dirigente acrescentou que o contrato-programa no âmbito do programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidade, de 250 mil contos (2.267 euros), não foi transferido para a Câmara da Praia.

Ainda segundo o próprio, a Comissão Regional pediu às câmaras do PAICV em Santiago Sul que fossem inovadoras na mobilização dos recursos e parcerias para auxiliar as famílias no acesso à habitação e saneamento, entre outros.

A comissão em questão considera que o Executivo tem de olhar mais para a região com investimentos estruturantes e não aumentar o seu elenco governamental, uma vez que sobrecarrega assim o cofre do Estado com um peso de, no mínimo, 400 milhões de escudos (3.628 euros) por ano.

“Nós entendemos a crise económica e social, mas o Governo, ao tomar estas medidas, mostrou uma grande contradição a nível ético e moral. Nós gostaríamos de ver para Santiago Sul o novo hospital, o novo centro de saúde em Ribeira Grande de Santiago, melhores acessos a São Domingos, mais habitação, polos de negócio e parque de indústrias ligeiras, portos e estaleiros de pesca, escola marítima e muitas outras promessas não realizadas e que demonstram um grande descaso em relação a Santiago Sul”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin