Cabo Verde

Cabo Verde: PAICV diz que Governo não vai deixar marca em São Vicente

João do Carmo

Os deputados do PAICV em São Vicente consideram que o atual Governo deverá terminar o mandato “sem nada de concreto” realizado. Para os membros do maior partido da oposição em Cabo Verde, os governantes não deixarão “nenhuma marca” na ilha.

As observações foram feitas pelo porta-voz, João do Carmo, numa conferência de imprensa realizada nesta segunda-feira, 27 de julho, no Mindelo. Segundo o próprio, os eleitos do maior partido da oposição pelo círculo eleitoral de São Vicente fizeram um `check list´ de uma lista de compromissos com a ilha publicada pela formação política no poder, MpD, em 2016.

Dessa forma chegaram então à conclusão de que os membros do MpD “tristemente não realizaram nem 10% do prometido”.

“O balanço deste mandato, concretamente para São Vicente, é desastroso. Claramente, o MpD enganou os sanvicentinos”, acusou o deputado.

Entre as “promessas” constantes do documento encontram-se assim voos internacionais noturnos, refinaria de petróleo, sala de espetáculos para 1.500 pessoas e uma estrada que ligaria Lazareto a Calhau.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo