Cabo Verde: PAICV e UCID comentam setor da educação

O porta-voz do grupo parlamentar do PAICV, António Fernandes, referiu nesta terça-feira, 08 de fevereiro, que a qualidade do ensino em Cabo Verde é um “desafio a perseguir a todos os níveis no país”

De acordo com o representante do maior partido da oposição no arquipélago, citado pela “Inforpress”, as taxas de escolarização bruta e de passagem nos diferentes subsistemas e sistema educativo são consideradas boas. No entanto, quanto à qualidade das mesmas, existem “desafios a vencer”, principalmente na língua materna e em matemática, além de outras disciplinas curriculares. 

Ainda assim, o PAICV, reconheceu que existem investimentos realizados a nível do ensino, mas o “retorno tem de refletir naquilo que é a qualidade do ensino”. O facto de, em seis meses, o ministro da Educação ser chamado ao Parlamento “demonstra claramente a insatisfação da classe”

Também a UCID, igualmente da oposição, alertou no mesmo dia para alguns aspectos no setor da educação. Um dos avisos está relacionado com as reformas que são feitas no sistema de ensino “sem planeamento” e sem salvaguardar “a qualidade do ensino no país”, lê-se no “Expresso das Ilhas”. 

As declarações foram feitas pela deputada Zilda Oliveira, durante uma conferência de imprensa. “Relativamente à reforma no nono ano, constatamos alguns aspectos que iremos levar para debate, nomeadamente o facto de termos disciplinas que foram implementadas sem programas, sem manuais, sem materiais de suporte, apenas com orientações, e isso tem constituído uma dificuldade para os professores. Além de outras disciplinas cujas cargas horárias foram reduzidas, por exemplo, a nível das línguas”, partilhou. 

O debate com o ministro da Educação, a pedido da UCID, é um dos temas em agenda na sessão parlamentar que começa esta quarta-feira, 09 de fevereiro, e termina na sexta-feira, dia 11.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…