Cabo Verde: PAICV exige saber quando acabam as obras do Mercado de Coco na Praia

O líder da bancada do PAICV, Vladimir Silves Ferreira, demonstrou o seu descontentamento na Assembleia Municipal da Praia perante o atraso de seis anos da conclusão do Mercado de Coco na Praia, e exigiu que fosse feito um esclarecimento sobre o assunto, avançaram fontes locais.

O pedido de esclarecimento foi feito pelo político através de declarações dadas à Inforpress, na Cidade da Praia, após este ter realizado uma visita às obras da referida infra-estrutura e ao Mercado de Sucupira. Vladimir Silves Ferreira quer saber porque é que as obras, que tiveram início em 2012, se encontram suspensas e ainda não terminaram.

“As obras estão suspensas e nós já solicitamos várias informações à câmara municipal e não temos. O último rumor é que foi passado ao Governo (…), talvez o primeiro ministro tem peso na sua consciência que ele deixou essa herança negativa à Câmara Municipal da Praia”, afirmou Silves Ferreira.

O líder da bancada do PAICV também quer saber o que está a acontecer com o valor total que deveria ser usado na obra, uma vez que, até o momento, já foram gastos 420 mil contos, segundo o próprio. Inicialmente, o custo previsto era de 334 mil contos. Vladimir Silves Ferreira referiu que a câmara quer ainda gastar mais 300 mil contos, o que dá 720 mil contos no total, ou seja, mais 386 mil do que o previsto.

“Ficamos sem saber qual é o valor final desta obra e isto preocupa a nós, enquanto deputados municipais e achamos também que devia ser uma preocupação de todos os praienses”, observou o político.

Segundo as autoridades municipais, gastaram-se mais de 100 mil contos só em escavações para as obras do Mercado do Coco, situado na zona baixa da Cidade da Praia, o que terá aumentado significativamente o custo deste projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin