Cabo Verde: PAICV manifesta-se contra OE 2022

A discussão na generalidade da proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2022 vai começar esta quarta-feira, 24 de novembro, no Parlamento de Cabo Verde. Trata-se da segunda sessão plenária deste mês na Assembleia Nacional. 

O PAICV já informou que vai votar contra o documento, por considerar que o mesmo apresenta “altos custos” para o povo cabo-verdiano. Isto porque diz estar previsto o aumento de impostos e a desvalorização do salário real no arquipélago. 

A posição foi divulgada numa conferência de imprensa realizada nesta terça-feira, dia 23, para balanço das jornadas parlamentares. Segundo o dirigente do grupo parlamentar do PAICV, João Baptista Pereira, os cidadãos vão ter de suportar o aumento do custo da água e de eletricidade em 37%, bem como a subida no Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) de 15% para 17% e o aumento de dois mil produtos em direitos de importação em 5%. 

“Cabo Verde neste momento está classificado com o risco de incumprimento”, disse, ao comentar o crescimento do défice da dívida pública. O político criticou igualmente o aumento dos custos do “Governo mais gordo na história de Cabo Verde”, uma vez que é constituído por muitos membros. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Presidente da República visitou Malawi

Moçambique: Presidente da República visitou Malawi

O Presidente da República, Filipe Nyusi, efetou entre os dias 22 e 24 de novembro de 2021, uma visita de…
Moçambique: PIB regista aumento de 3,26% no terceiro trimestre

Moçambique: PIB regista aumento de 3,26% no terceiro trimestre

O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Moçambique informa que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 3,26% no terceiro trimestre de 2021.  “O…
Afeganistão recebe 539 milhões de euros arrecadados pela ONU

Afeganistão recebe 539 milhões de euros arrecadados pela ONU

A Organização das Nações Unidas (ONU) apelou há dois meses para que os países ajudassem financeiramente o Afeganistão, que está a atravessar…
Brasil: Previsão de instituições financeiras anuncia quadro desanimador, para economia brasileira

Brasil: Previsão de instituições financeiras anuncia quadro desanimador, para economia brasileira

O Brasil deverá ter o pior desempenho entre os países emergentes, comíndices muito abaixo da média da economia mundial. O anúncio foifeito pelo jornal O Estado de S. Paulo, depois de consultar cincograndes bancos e consultorias, que aponta para um cenário desanimadorda economia brasileira em 2022.De acordo com o estudo, o Brasil deverá ter o pior desempenho entre ospaíses emergentes. As previsões foram feitas pelo Bradesco, GoldmanSachs, Capital Economics, Fitch e Nomura. Informam para um crescimentodo Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro entre 0,8% e 1,9%. Já o FundoMonetário Internacional (FMI) faz uma previsão de avanço de 1,5%contra uma média de 5,1% dos emergentes.Embora pouco promissoras, essas previsões são até otimistas ante amédia das expectativas das instituições financeiras do país, queapontam para um crescimento de 0,93%, segundo dados do Banco Central.O país já sofria com os efeitos da pandemia. O quadro, segundo osanalistas, se potencializou pela alta dos juros frente à inflação epelo risco de desvio no teto de gastos, com a PEC dos Precatórios e oaumento no valor do Auxílio Brasil.Carlos Vasconcelos – Correspondente
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin