Cabo Verde: PAICV pede investigação a ilegalidades na gestão dos recursos públicos

O Tribunal de Contas de Cabo Verde entregou um parecer que confirma a existência de ilegalidades graves na gestão dos recursos públicos, de acordo com o PAICV. O documento foi entregue com seis meses de atraso, uma vez que deveria ter sido remetido à Assembleia Nacional até 31 de dezembro de 2020.

O maior partido da oposição no país informou que vai pedir a intervenção do Ministério Público, para que seja feita uma investigação às contas Gerais do Estado referentes ao ano de 2018.

As declarações foram feitas numa conferência de imprensa realizada nesta segunda-feira, 23 de agosto, na cidade da Praia. O secretário-geral do PAICV, Julião Varela, apontou um conjunto de anomalias graves confirmadas pelo parecer do Tribunal de Contas.

De acordo com o representante da formação política, são casos de falta de transparência e irregularidades na gestão de recursos públicos pelo Governo apoiado pelo MpD.

Assim, o PAICV quer que o relatório em questão seja remetido ao Ministério Público para o apuramento de eventuais responsabilidades criminais, que deverão ser exigidas aos governantes e dirigentes visados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin