Cabo Verde: PAICV preocupado com pobreza no Paul

O dirigente da bancada do PAICV, Nilton Delgado, realçou no discurso feito na sessão solene da Assembleia Municipal do Paul que a pobreza é o maior desafio neste concelho. 

De acordo com o político, a pandemia da Covid-19 tem piorado a situação de dificuldade das famílias que vivem na pobreza. 

“Os dados estatísticos indicam que mais da metade da população paulense, 52 por cento (%), é pobre, e desses, mais de 1000 pessoas vivem em extrema pobreza. Esse não é um indicador do qual orgulhamos”, afirmou. 

Delgado alertou as autoridades local e central pelo “movimento contrário” de êxodo dos paulenses, jovens que residiam em outras ilhas e que perderam os seus postos de trabalho. Assim, tiveram de que regressar ao concelho. 

“Este é mais um desafio para todos nós do setor político e instituições no sentido de darmos uma resposta a esses jovens e suas famílias”, defendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau assume a presidência rotativa da Assembleia Parlamentar da CPLP

Guiné-Bissau assume a presidência rotativa da Assembleia Parlamentar da CPLP

A capital guineense acolheu de 7 a 8 de Julho a 10ª Assembleia Parlamentar dos Países da Língua Oficial Portuguesa…
Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

O secretário-geral da Frelimo, Roque Silva, declarou que a prevenção dos acidentes de viação e o combate à Covid-19 devem ser reforçados. Isto porque, segundo o…
Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta sexta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

O chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, considerou “inaceitável” que houvesse rumores de guineenses barrados à entrada dos aeroportos em Cabo Verde, país onde se…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin