Cabo Verde

Cabo Verde: PAICV quer plena participação da diáspora nas eleições

Membros e apoiantes do PAICV

O deputado do PAICV para o círculo de África, Estevão Rodrigues, solicitou que fossem criadas as condições para a plena participação dos emigrantes cabo-verdianos nas próximas eleições legislativas. A realização das mesmas deverá ocorrer entre março e abril. 

Durante uma declaração política feita nesta quarta-feira, 06 de janeiro, o eleito da diáspora afirmou que há “sinais preocupantes” quanto à criação de condições favoráveis para o recenseamento eleitoral nos países de acolhimento dos emigrantes. 

O político disse que, para além do processo estar atrasado, ainda não foram criadas condições humanas e materiais para um registo eleitoral rápido e transparente, principalmente nos países africanos, onde o processo não começou. 

“Estando todas as Comissões de Recenseamento Eleitoral [CRE] constituídas, com exceção de Moçambique, o recenseamento eleitoral apenas foi iniciado em Portugal e nos EUA [Estados Unidos da América], informou. 

Faltam, em relação às demais CREs, enviar técnicos da DGAPE [Direção Geral de Apoio ao Processo Eleitoral] para formação sobre a operacionalização dos kits de recenseamento numa altura em que já não temos muito tempo pela frente”referiu também. 

Foi igualmente manifestado o desagrado do PAICV em relação ao Governo apoiado pelo MpD ter “desmantelado todas as instituições e descontinuado todos os programas de apoio aos emigrantes”, herdados do anterior Governo, suportado pelo PAICV.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo