Cabo Verde

Cabo Verde: PAICV quer regionalização administrativa na “ampla reforma” do Estado

Líder do PAICV, Janira Hopffer Almada
Janira Hopffer Almada

líder do PAICV, Janira Hopffer Almadadefende a regionalização administrativa no âmbito de uma “ampla reforma” do Estado cabo-verdiano, na construção da base. A seu ver, tal passa pela racionalização das estruturas, como a redução dos cargos governamentais e dos deputados nacionais. 

As declarações foram feitas nesta terça-feira, 30 de março, na cidade da Praia, durante um encontro com jornalistas para a apresentação da plataforma eleitoral do maior partido da oposição no país, tendo em vista as eleições legislativas, marcadas para 18 de abril. 

A dirigente disse ser necessária uma governação “transparente”, capacitada para “reduzir os desperdícios e os gastos supérfluos” do Governo. 

Segundo a própria, o slogan da campanha eleitoral do PAICV“Um Cabo Verde para todos”, pressupõe, primeiramente, a construção das bases, visando o avanço para as mudanças estruturais e promoção do desenvolvimento de novos setores industriais e de serviços. O objetivo é avançar com a reforma do Estado para melhorar o desempenho e eficácia, bem como libertar recursos para serem investidos em setores prioritários. 

“Defendemos uma governação que chegue a todos e a todo o lado, por isso também defendemos a governação eletrónica para que as respostas sejam mais rápidas e possam chegar a todo o lado”realçou a ainda candidata a primeira-ministra. 

No quadro desta reforma, a presidente da formação política alertou para a necessidade de uma nova abordagem nos setores estratégicos de desenvolvimento, como a educação, a saúde, o mar, o turismo e as energias renováveisHopffer Almada reiterou que os recursos públicos para o incremento e estímulo ao ensino têm de estar elencados à relevância das formações as áreas estratégicas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo