Cabo Verde: PAICV questiona suspensão da TACV

O PAICV questionou as razões que impedem a companhia aérea TACV/Cabo Verde Airlines (CVA) de retomar os voos mesmo após o Governo ter anunciado a abertura do corredor aéreo com a Europa. 

Neste âmbito, o maior partido da oposição no arquipélago africano exigiu a quebra de silêncio por parte do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, bem como do Governo. Isto porque considera que o país deve ser informado sobre a verdadeira situação da transportadora cabo-verdiana. 

Foi o secretário-geral do PAICV, Julião Varela, quem interpelou o Governo, através de uma conferência de imprensa, sobre as medidas adotadas para implementar as promessas de campanha. Estas visam construir um “Sistema de Transportes integrado, competitivo e seguro, com relevante contribuição para a riqueza nacional, a balança de pagamentos, emprego e mobilidade nacional e internacional”. 

O político disse ainda que “tudo falhou” em relação à política dos transportes, referindo que o “tão falado” hub-áereo “apenas serviu para transportar cidadãos de outros países em rotas internacionais, nomeadamente entre Europa e Brasil, a metade do preço praticado pela TAP na mesma rota”. 

“Este erro levou a companhia a acumular prejuízos superiores a três milhões de contos [27 mil euros] e o Governo foi obrigado a autorizar o tesouro a pagar as contas correntes da empresa à custa dos impostos dos cabo-verdianos”, expôs. 

A formação política defendeu igualmente que é obrigação de serviço público ligar os principais aeroportos/cidades do país com as principais capitais europeias e do mundo, bem como ligar com os países e cidades de maior concentração da emigração cabo-verdiana, principalmente com os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin