Cabo Verde: PAICV visita Fogo para analisar obras em curso

Dois dos três deputados do PAICV pelo círculo eleitoral do Fogo, Luís Pires e Eva Ortet, estão a visitar a ilha para verificarem alguns serviços locais e regionais, além de obras em andamento. 

A visita começou a 11 de fevereiro, segundo a “Inforpress”. Alguns dos locais por onde os dois parlamentares já passaram foram as estruturas do Gabinete de Desenvolvimento Regional, que será transformado numa agência de desenvolvimento regional, e a Empresa Intermunicipal de Águas, Águabrava. 

Na nota enviada à comunicação social é mencionado que Pires e Ortet vão observar o ponto da situação das obras adjudicadas à empresa Elevo, motivo da paralisação da construção da escola de Chã das Caldeiras, e também estabelecer outros contactos de interesse para o desenvolvimento da ilha. 

Para marcarem o final da visita, os parlamentares agendaram para esta terça-feira, 15 de fevereiro, a realização de uma conferência de imprensa na localidade de Chã das Caldeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin