Cabo Verde: Péricles Tavares afirma que rejeição da sua candidatura é precipitada

Péricles Tavares, ex-candidato, deixou claro que a rejeição da sua candidatura à Presidência da República de Cabo Verde, pelo Tribunal Constitucional, TC, é uma “decisão precipitada” tomada pelos juízes.

“Não cumpri com os requisitos, segundo manda a lei, mas, de qualquer forma, fica tudo em aberto e o futuro dirá o que, de facto, se esses juízes fizeram ao não fizerem investigação tomando uma decisão precipitada”, enfatizou o ex-candidato.

Péricles Tavares disse ainda que os juízes “que se dizem tão inteligentes” foram trapaceados “duas vezes” pelos dois mandatos do atual Presidente da República.

“O que é importante dizer é que o senhor Presidente da República está fora da lei e conseguiu passar a perna aos juízes. Vai haver mais pessoas a fazerem isso, pelo que é preciso haver investigação para daqui a dois meses não passarmos a ter um outro Jorge Carlos Fonseca no palácio de presidência”, alegou.

Mas deixou claro, em declarações à E-Global que se não conseguir ser Presidente da República, pela primeira vez “na história”, aquele que for nomeado “terá uma oposição”, pois será participativo.

Recorde-se que que o Tribunal Constitucional anunciou que todos os processos de candidaturas ao cargo de Presidente da República foram aceites com exceção da de Péricles Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin