Cabo Verde: Porto Novo tem 23 mil contos para emprego e infraestruturas

O Governo cabo-verdiano disponibilizou 23 mil contos (209 mil euros) ao município de Porto Novo, em Santo Antão. O dinheiro tem como destino a criação de emprego e o reforço de infraestruturas que tragam resiliência às comunidades rurais, refere a “Inforpress”.

Trata-se de uma quantia que consta do plano de mitigação dos efeitos da seca no concelho, começando a ser implementada a partir deste mês de janeiro. Segundo o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, o dinheiro vai ser disponibilizado através de duodécimos.

O objetivo, explicou, é criar postos de trabalho para as populações rurais afetadas pela seca. Pretende-se ainda gerir a escassez de água e o salvamento do gado, estando estas medidas a cargo da delegação local do Ministério da Agricultura e Ambiente.

O edil acrescentou que o município do Porto Novo enfrenta “um período extremamente difícil”, marcado por cinco anos de seca consecutivos. O ano de 2021 foi considerado “o pior de todos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin