Cabo Verde

Cabo Verde: PP apresenta protesto público contra chefe da Proteção Civil

O Partido Popular (PP) apresentou na segunda-feira, 06 de abril, um protesto público contra o presidente do Serviço Nacional de Proteção Civil (SNPC), Renaldo Rodrigues. A decisão foi tomada pelo facto de o SNPC não ter dado qualquer resposta a uma carta enviada, por três elementos da direção do PP, que se encontram retidos na Boa Vista desde 22 de março.

Segundo o protesto, o PP enviou uma carta a Renaldo Rodrigues no dia 27 de março, onde expôs a situação e todo o contexto que envolvia a estadia dos três elementos da direção da organização política na Boa Vista.

“Na referida carta solicitamos diligências da Proteção Civil para o despiste da doença – a crise sanitária atual – aos elementos da direção do PP a fim de os mesmos regressarem à ilha da sua residência – Santiago; Dez dias se passaram e até hoje não obtivemos qualquer resposta do Sr. Chefe da Proteção Civil”, escreveu o partido da oposição.

Com o período de quarentena ultrapassado na Boa Vista, foi levantada a quarentena imposta aos empregados do Hotel Riu Karamboa, respeitando a previsão feita inicialmente. Entretanto, de acordo com o documento, não foi dada qualquer resposta à carta dos elementos do PP.

Devido ao silêncio, a formação política concluiu publicamente que a chefia da Proteção Civil passou a ser “a mão invisível do MpD a aproveitar desta situação de crise para reprimir os integrantes da direção do PP com o aval superior do comandante mor, o primeiro-ministro José Ulisses Correia”.

Esta postura, acrescentou, leva a crer que a Proteção Civil está a aproveitar a crise sanitária atual para reprimir os adversários políticos, com o aval de Correia e Silva.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo