Cabo Verde: PR comenta processo de extradição de Alex Saab

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, considera que o processo de extradição do empresário colombiano Alex Saab decorreu segundo a Constituição e as leis do arquipélago.

Foram estas as afirmações relacionadas com a extradição do alegado testa de ferro do Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, para os Estados Unidos da América. A imprensa pediu ao governante que comentasse as recentes declarações da defesa de Saab, que classificou a extradição como “um verdadeiro suicídio Constitucional de Cabo Verde”

“Não li e nem ouvi e nem iria comentar as declarações da defesa. É como disse desde o início, este é um processo que decorreu e decorre nas instâncias judiciárias. É um processo que passou por muitas instâncias, passou pelo crivo de um Tribunal de Relação, do Supremo Tribunal de Justiça. Agora houve um recurso de fiscalização concreta de constitucionalidade do Tribunal Constitucional e, portanto, há uma decisão”, esclareceu. 

O chefe de Estado lembrou mais uma vez que o Estado de Cabo Verde, o Governo e o Presidente da República não podem interferir e estar a comentar decisões judiciárias.

“Esse processo decorreu de acordo com a Constituição e as leis de Cabo Verde. Chegou-se agora a esta decisão do Tribunal Constitucional. Eu sempre disse que o Estado de Cabo Verde tem que cumprir as decisões de órgãos legítimos que aplicam o direito em Cabo Verde. Agora a avaliação que a defesa faz é a avaliação da defesa, naturalmente que eu compreendo”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin