Cabo Verde: PR desaprova aumento da dívida pública

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, considera insustentável a subida da dívida interna em 2022. O limite desse aumento foi aprovado na Assembleia Nacional, tendo passado de 3% para 6%.

“Com a aprovação do aumento do limite de endividamento interno, de três para seis por cento, Cabo Verde ficou ainda muito mais exposto aos problemas críticos da insustentabilidade da dívida pública, com todas as consequências daí advenientes, no futuro próximo”, alertou.

As declarações podem ser lidas na mensagem de promulgação do Orçamento do  Estado para 2022 (OE2022), enviada à Assembleia Nacional e divulgada pela “Lusa”. Uma das consequências indicadas pelo governante foi a falta de credibilidade externa para a contração de mais dívida externa, sendo grave a falta de recursos para os investimentos imprescindíveis e/ou absolutamente necessários.

“Aliás, com a prorrogação das moratórias já anunciadas, designadamente por Portugal, espero que esse teto não venha a ser plenamente realizado”, escreveu ainda.

Assim, Maria Neves considera “negativo” o contributo que o OE2022 vai trazer ao já elevado nível de endividamento do arquipélago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin