Cabo Verde

Cabo Verde: PR diz que UCID é um dos principais construtores da democracia no país

António Monteiro

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, classificou a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) como “um dos principais construtores da democracia cabo-verdiana”, com uma participação “muito importante” nos pleitos eleitorais e no funcionamento do Parlamento.

O elogio do chefe de Estado foi feito por escrito nesta quarta-feira, 13 de maio, dia em que o partido na oposição, liderado por António Monteiro, completou 42 anos, algo que terá dado uma “grande satisfação” a Jorge Carlos Fonseca.

Ao longo de décadas, acrescentou na nota, a formação política “habituou o país a uma presença política de qualidade, primeiramente na luta pela democratização e, mais tarde, na consolidação do sistema democrático”.

“Hoje a UCID é, sem sombra de dúvidas, um dos principais construtores da nossa democracia, através de uma participação muito importante nos pleitos eleitorais e, sobretudo, no dia-a-dia do funcionamento do Parlamento e no diálogo com a sociedade”, disse ainda.

O governante saudou assim os militantes e simpatizantes da organização política e formulou votos para que “continuem a contribuir, de forma empenhada, para o fortalecimento e modernização do sistema democrático”.

Em reação a estas declarações, António Monteiro disse que as mesmas foram encorajadoras e que dão “ânimo” para continuar a trabalhar por Cabo Verde. “Queremos ter a oportunidade de ajudar a melhorar as condições de vida de cada cabo-verdiano e tomar decisões políticas no sentido de definir o caminho que o país deve seguir”, frisou.

No entanto, o político lamentou o facto de a UCID, fundada em 1978, nunca ter conseguido colocar na prática aquilo que pensa, mesmo sendo o partido mais antigo do arquipélago enquanto país independente.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo