Cabo Verde

Cabo Verde: PR pede atenção especial da Rússia a pequenos estados insulares

© Presidência da República de Cabo Verde

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, propôs nesta quinta-feira, 24 de outubro, durante o seu discurso em Sochi, na Rússia, que fosse inscrita na agenda da Cimeira Rússia – África uma atenção especial aos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento.

Durante a intervenção do governante cabo-verdiano, em que saudou “com particular simpatia a manifesta vontade da Rússia em dialogar e cooperar com o nosso Continente em áreas de interesse mútuo e potenciadoras de parcerias inovadoras”, foi lembrado que Cabo Verde liderou o grupo SIDSAM (acrónimo em inglês dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento africanos – CV, Comores, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Maurícias, Seychelles + Madagáscar).

Jorge Carlos Fonseca espera que saiam da cimeira boas recomendações e solidariedade da Rússia para com os países vulneráveis. “Aproveito para relembrar que Cabo Verde já depositou na União Africana os instrumentos para o reconhecimento do Grupo”, acrescentou.

A mesma fonte realçou que as vulnerabilidades económicas, ambientais e as especificidades dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento têm impedido uma transição económica sem sobressaltos e a construção de resiliências necessárias para tentar mitigar os efeitos de constrangimentos estruturais, “tais como a escala económica e a competitividade condicionadas pelo tamanho exíguo do mercado e pelo limitado desenvolvimento do mercado financeiro, a que se adicionam os custos da insularidade para a infra-estruturação”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo