Cabo Verde: Presidente da República afirma que é preciso “dar um combate sem trégua tanto à VBG, quanto à violência sexual de menores”

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, afirmou que é “uma vergonha os crimes de violência com base no género e uma vergonha maior a violência sexual contra menores”.

A afirmação feita pelo Presidente da República, após tomar a dose de reforço contra a Covid-19, aconteceu no Centro de Saúde de Achada Santo António, na Cidade da Praia. “É uma vergonha, continuarmos com este tipo de violência, ninguém é propriedade de ninguém, não podemos continuar a tolerar em Cabo Verde a violência com base no género, sendo que 9 em cada 10 vítimas na violência com base no género são mulheres” relatou José Maria Neves.

Deixou claro ainda que é necessário “responsabilizarmo-nos e cumprirmos”, respeitando os direitos, as liberdades e as garantias de cada indivíduo, de forma a ser possível construir uma sociedade de paz, sem violência. Considerando que é fundamental que o “Governo, todos os órgãos de soberania, Igreja, família” trabalhem no sentido de criar na consciência das pessoas “essa ideia da paz e da amizade”, pois só assim será construído uma “sociedade mais sã”

Relativamente à violência contra menores, o Chefe de Estado, aponta como sendo um ato de “uma vergonha maior, continuarmos a ter estes fenómenos aqui em Cabo Verde e temos de continuar a trabalhar para combater de forma muito agressiva esta questão da violência contra menores, não haver nenhum tipo de tolerância em relação aos agressores e aos prevaricadores” Sublinhou ainda que é pertinente criar centros de emergência infantil para acudir as pessoas que tiverem necessidade, fazer um trabalho social de empoderamento das famílias, de melhoria de condições de transportes escolar, melhorar a presença das crianças nas escolas e combater a pobreza.

“É preciso que a sociedade cabo-verdiana desperte no seu todo, não pode continuar, não podemos permitir que esta nódoa continue a manchar Cabo Verde, temos que dar um combate sem trégua tanto à VBG quanto à violência sexual de menores em Cabo Verde” concluiu o Presidente da República.

Anícia Cabral – Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin