Cabo Verde

Cabo Verde: Previstas linhas de crédito para produtores agropecuários

O Governo cabo-verdiano quer usar saldos de projetos financiados internacionalmente para criar linhas de crédito para o setor agropecuário, a gerir por instituições de microfinanças. O objetivo é “garantir a sobrevivência” de pequenos produtores afetados pela pandemia da Covid-19. 

A decisão consta de um despacho conjunto dos ministros das Finanças e da Agricultura e Ambiente, que já entrou em vigor. O documento autoriza a transferência de saldos – que não foram quantificados – de três projetos na área do ordenamento e valorização de bacias hidrográficas, financiados pelo Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico de África e pelo Banco Africano de Desenvolvimento, para a conta do Tesouro cabo-verdiano, para esse fim. 

“Efetivamente, há necessidade de adoção de um conjunto de medidas extraordinárias e de carácter urgente de mitigação dos impactos negativos da pandemia sobre o setor agropecuário, de modo a evitar interrupções na produção e no abastecimento regular de alimentos à população”pode ler-se no despacho. Esses saldos vão financiar linhas de crédito para pequenos produtores agropecuários. 

“O Governo volta a eleger as instituições de microfinanças como parceiras na facilitação do acesso ao financiamento de atividades agropecuários, em condições especiais, visando essencialmente reposicionar e reforçar o setor agrícola, para garantir a sobrevivência de pequenos e médios produtores e fortalecer a resiliência das comunidades rurais”lê-se ainda. 

O documento lembra que, com base nos dados do recenseamento de 2015, a agricultura representa 8% do Produto Interno Bruto de Cabo Verde. Trata-se de um setor praticadpor mais de 182 mil pessoas, o que representava então quase 35% da população. 

No entanto, há três anos que o arquipélago vive uma seca, o que levou o Governo a avançar com programas urgentes de mitigação da falta de água. Também a pandemia da Covid-19 “afetou a dinâmica de toda a atividade empresarial nacional”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo