Cabo Verde: Primeiro-ministro afirma que retoma dos voos internacionais em São Vicente não é decisão do Governo

O primeiro-ministro cabo-verdiano afirmou esta quarta-feira, 05 de dezembro, que a retoma dos voos internacionais a partir de São Vicente, à semelhança do que já acontece na Cidade da Praia, não é uma decisão administrativa ou política do Governo.

Ulisses Correia e Silva disse aos jornalistas que é do interesse do executivo que Cabo Verde possa ter uma “boa interligação aérea” a partir das várias ilhas, mas explicou que as linhas irão ser definidas consoante o interesse de viabilidade comercial. “Nós vamos privatizar a TACV [Transportes Aéreos de Cabo Verde] e as linhas aéreas serão definidas de acordo com interesse de viabilidade comercial. Não posso antecipar. É do nosso interesse que Cabo Verde possa ter de facto uma boa interligação área a partir das diversas ilhas. Portanto esta não é uma decisão administrativa ou política do Governo”, declarou.

“Nós temos que garantir que aquilo que são as rotas aéreas tenham sustentabilidade e tenham capacidade financeira e creio que a companhia estará interessada desde que haja fluxo que compense os investimentos que são feitos para que os voos se realizem”, acrescentou o político.

Recorde-se que a companhia aérea Cabo Verde Airlines iniciou desde fevereiro a sua atividade com base operacional na ilha do Sal e deixou de realizar voos internacionais a partir de outros aeroportos internacionais. Recentemente, voltou a retomar os voos internacionais a partir do aeroporto Nelson Mandela, na Cidade da Praia, uma situação que já foi reclamada também para a ilha de São Vicente. O presidente da Câmara Municipal de São Vicente, os operadores económicos e os cidadãos desta ilha, bem como os partidos políticos, têm exigido a realização de voos internacionais a partir do aeroporto Cesária Évora, no Mindelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

Os Estados Unidos da América (EUA) e os aliados decidiram excluir a Rússia do regime recíproco normal que rege o…
Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que houve “certos desenvolvimentos positivos” nas conversações com a Ucrânia realizadas nesta sexta-feira,…
Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

O Xº Congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que deveria decorrer de 10 a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin