Cabo Verde: PTS desiludido com maioria absoluta do MpD

O líder do PTS, Cláudio Sousa, afirmou que estava triste com o facto de os eleitores não terem combatido a maioria absoluta neste domingo18 de abril, data das legislativas. 

Em reação aos resultados provisórios do sufrágio, comentou que “os cabo-verdianos, nomeadamente os eleitores, ainda não amadureceram suficientemente para fazer uma escolha assertiva capaz de eliminar a maioria absoluta”. 

No entanto, o dirigente continua a avaliar positivamente a sua atuação ao longo deste período e tem esperança no desfecho da contagem de votos, que parece ser entre os três maiores partidos, que são o MpD, o PAICV e a UCID. 

“O nosso objetivo inicial era eleger cinco deputados, mas sabíamos que na conjuntura que vivemos seria difícil. Este objetivo permanece ainda porque ainda não chegamos ao desfecho, o resultado final. No entanto, queremos dizer que não vamos desistir, vamos continuar por aqui para levantar, restruturar o partido de verdade”prometeu. 

“É difícil esperar melhores resultados porque não temos recursos para chegar a todos os lugares que queríamos, ao contrário dos maiores partidos”justificou. 

Segundo os dados provisórios, o PTS contabiliza 2.063 votos, o que representa 0,9%. Falta eleger quatro dos 72 deputados a serem eleitos a nível dos 13 círculos eleitorais. 

A nível nacional, encontra-se em primeiro MpD, com 108.166 votos (49%), seguido do PAICV, com 83.458 (37,9%), da UCID, com 19.763 (9%), do PTS, com 2.063 (0,9%), do PP, com 731 (0,3%) e do PSD, com 269 (0,1%) votos. Trata-se de uma contagem generalista de todos os círculos eleitorais e verifica-se que, com estes resultados, o MpD já conseguiu eleger 36 deputados, o PAICV 28 e UCID quatro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Aprovado teto orçamental de 1,675 mil milhões para OGE 2022

Timor-Leste: Aprovado teto orçamental de 1,675 mil milhões para OGE 2022

O Comité de Revisão Político (CROP), liderado pelo primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, terminou nesta quinta-feira, 16 de setembro, a…
Cabo Verde: PAICV critica trabalho do Governo no arranque do ano letivo

Cabo Verde: PAICV critica trabalho do Governo no arranque do ano letivo

O PAICV denunciou que a “ausência de planificação, desorganização e marginalização dos professores” nas alterações curriculares condicionam o novo ano…
Covid-19: Mais seis mortes e 1.062 novos casos em Portugal

Covid-19: Mais seis mortes e 1.062 novos casos em Portugal

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta quinta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Nyusi lança candidatura de Moçambique ao Conselho de Segurança da ONU

Nyusi lança candidatura de Moçambique ao Conselho de Segurança da ONU

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, vai lançar nesta quinta-feira, 16 de setembro, a Campanha de Candidatura de Moçambique…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin