Cabo Verde quer candidatar-se ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Cabo Verde quer candidatar-se ao Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas no biénio 2025-2027.

A vontade foi divulgada esta semana pela ministra da Justiça, Joana Rosa, quando se encontrava em Genebra, na Suíça, durante a 44.ª Sessão da Revisão Periódica Universal da Organização das Nações Unidas (ONU).

Na apresentação da situação do arquipélago africano, Joana Rosa invocou o histórico nacional em relação ao tema como argumento para integrar o órgão de 47 Estados-membros.

A governante cabo-verdiana declarou que o país “não tem poupado esforços para criar as condições para reforçar o sistema de promoção e proteção dos direitos humanos” nos diferentes quadrantes da vida social dos cabo-verdianos, cita “A Nação”.

“Temos conseguido ganhos assinaláveis e somos reconhecidos pela nossa boa governança, uma oportunidade que aproveitamos para agradecer a todos os parceiros de Cabo Verde neste domínio. É nesta ótica que pretendemos apresentar a nossa candidatura a membro do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas para o período 2025-2027”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Resultante de contribuição voluntária de membros da Assembleia Provincial, 3,5 toneladas de produtos de primeira necessidade incluindo arroz e milho,…
Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Um estudo liderado pelo Departamento de Engenharia Informática (DEI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)…
Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…