Cabo Verde quer reforçar e alargar relações com Angola

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, partilhou o desejo de ver as relações entre o arquipélago e Angola mais “reforçadas e alargadas” a novos setores. 

“Há aqui enormes potencialidades. Angola já tem investimentos importantes em Cabo Verde no domínio da banca, das telecomunicações, dos combustíveis e queremos alargar para outros setores, designadamente os transportes aéreos e marítimos e também a questão do turismo e do ensino superior, ciência e inovação, e toda área da reforma do Estado e da Administração Pública”, afirmou, citado pela “Inforpress”. 

O chefe de Estado iniciou neste domingo, 09 de janeiro, uma visita de três dias a Angola. Trata-se da sua primeira visita de Estado ao exterior, algo que considera ser um “sinal forte” no reforço das relações entre os dois países. 

“É uma visita extremamente importante. A primeira visita de Estado que faço ao exterior. Angola é um país africano, mas também que preside a CPLP [Comunidade dos Países de Língua Portuguesa], e vai ser um momento de reforço das relações de amizade e cooperação entre Cabo Verde e Angola”, acrescentou na conversa com os jornalistas. 

“Queremos que haja mais parcerias e queremos um pouco que Angola transforme Cabo Verde numa plataforma de negócios nesta região e seria importante essa troca”, prosseguiu.   

“Angola é um país muito amigo de Cabo Verde. Tem uma importante comunidade cabo-verdiana em Angola e as nossas relações foram muito fortes antes da independência e depois da independência, mas também Angola tem um papel importante em África e desempenha um papel ‘player’ na região de África Austral, na África Central e todo continente africano e na CPLP”, frisou Neves, que se encontrou nesta segunda-feira, dia 10, com o homólogo angolano, João Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin