Cabo Verde

Cabo Verde: Sindicato dos Médicos preocupado com degradação nos serviços de saúde

O Sindicato dos Médicos de Cabo Verde disse estar preocupado com aquilo que considera ser uma deficitária prestação de informação aos utentes, escassez de médicos e de equipamentos de diagnósticos, além da degradação nos serviços de saúde.

O Sindicato explicou ainda que a classe médica não é responsável pela gestão dos recursos humanos e que cabe ao Ministério da Saúde resolver a escassez de médicos e de equipamentos de diagnósticos, tal como melhorar as condições laborais nas estruturas de saúde.

O Presidente do Sindicato dos Médicos responsabiliza o Ministério da Saúde pela degradação de serviços, principalmente no hospital Agostinho Neto, na Praia. Nilton Pinto acrescentou que a situação existente no banco de urgência da pediatria do hospital central da Praia é um dos casos indignos e que o mesmo não deve continuar.

Perante esta situação, o dirigente exige que a tutela assuma as suas responsabilidades e que crie melhores condições de trabalho.

Este sindicato foi reativado recentemente e representa 128 médicos, que trabalham na ilha de Santiago.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo