Cabo Verde: TACV irá iniciar operações em dezembro de 2021

O anúncio foi feito pelo Primeiro Ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, durante o debate no Parlamento, sobre “Transparência como um fator de desenvolvimento”, afirmando que a TACV poderá operar ainda no dezembro este ano.

Ulisses Correia e Silva, afirma que se “tudo correr como previsto, a TACV começará a operar ainda durante o mês de dezembro deste ano”, realçando que as medidas necessárias para o retorno da companhia aérea “estão a ser tomadas”.

“A solução para a TCAV será a que vier a ser necessária”, diz o chefe do Governo na medida em que o Estado “assume as suas responsabilidades relativamente à companhia de bandeira e à sua reestruturação”.

Relativamente à entrega do contrato emergencial com a BestFly, o Primeiro-Ministro deixou claro que não há nada a esconder, e que ainda não receberam o contrato é pelo facto de que ainda não foi entregue um requerimento formal para a entrega do contrato, “temos que cumprir as formalidades”.

É de relembrar que em julho, após a retoma da empresa pelo Estado, a companhia aérea declarou o cancelamento de todos os voos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

O Governo angolano divulgou que o ananás, a banana, a batata-doce, a carne de cabrito, a mandioca e os ovos são os produtos que alcançaram a autossuficiência no país.  Isto…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin