Cabo Verde: UCID afirma que povo vive situação de “angústia e fome”

O líder da UCID afirmou que a população de São Vicente vive uma situação de “angústia e de fome”. Segundo João Santos Luís, as medidas do Governo para mitigar a crise não surtiram efeito.

As declarações foram feitas nesta quinta-feira, 11 de agosto, numa conferência de imprensa realizada na sede do partido, no Mindelo, para balanço da visita de quatro dias que a direção nacional da UCID realizou na ilha de São Vicente.

“A situação é de uma angústia perfeita. Como o preço dos produtos como está é de facto uma situação de angústia. Em São Vicente constatamos que há pessoas a passar fome. Não há que esconder. Há pessoas que não têm recursos para colocar o alimento em cima da mesa para os seus filhos. Ou se colocarem uma vez já não conseguem uma segunda porque o salário não dá”, partilhou, tendo sido citado pela “Inforpress”.

O dirigente disse que verificou pessoalmente essa situação ao visitar os bairros da ilha, tendo atribuído a culpa às políticas do Governo para mitigar a tripla crise. Como solução, defendeu que o Executivo deve aumentar o salário para as pessoas que recebem abaixo de 20 mil escudos e a pensão social dos idosos, para que tenham pelo menos condições de se alimentarem.

“Ainda ontem ouvimos dizer que as receitas do Estado aumentaram 31,4 por cento até maio, face ao mesmo período de 2021. O Governo diz que o Produto Interno Bruto cresceu em 2020, mas o Estado não consegue utilizar aquele crescimento para melhorar a vida das pessoas. Isto é um contraste”, observou.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …