Líder da UCID, António Monteiro

Cabo Verde: UCID apela ao Governo que melhore a iluminação pública e o emprego jovem

O presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) apelou ao Governo esta terça-feira, 04 de dezembro, para que fosse acelerado o processo de melhoria da iluminação pública, além de ter solicitado a implementação de medidas eficazes na promoção do emprego jovem nos diferentes bairros da Praia. “É preciso fazer-se desenvolver a economia que crie riquezas e postos de trabalho a esses jovens que, por causa da falta do trabalho, muitas vezes, ficam nas esquinas. Para além do desemprego, temos a problemática de ocupação dos tempos livres dos jovens”, declarou.

Além da problemática da iluminação pública e do desemprego, António Monteiro apelou à autarquia da Praia para que fossem analisadas as possibilidades de serem desenvolvidas infraestruturas desportivas no bairro Eugénio Lima, de forma a proporcionar aos jovens outras opções nos tempos livres. Estes pedidos do político foram feitos durante uma conferência de imprensa, realizada na Cidade Praia, na altura em que era feito o balanço da visita efetuada a vários bairros da capital de Cabo Verde.

O momento serviu para que, além das críticas, o líder do partido proferisse elogios ao trabalho que o Governo está a fazer na melhoria e promoção da segurança, através da instalação de câmaras de videovigilância e da colocação de lanternas de baixo consumo de energia. “Temos bairros mal iluminados, isto segundo as populações dessas zonas, e por causa desta má iluminação fomos informados que ainda existe a questão dos assaltos. Entendemos que o Governo tem feito um esforço enorme para a colocação das câmaras de videovigilância e a melhoria da iluminação, mas, infelizmente, esse esforço está muito aquém daquilo que é a ambição da população”, afirmou.

Monteiro contou que, ao visitar o bairro de Taiti, foi confrontado pelos moradores locais, que estão a enfrentar vários problemas sociais, principalmente no que respeita à habitação social, devido a várias casas que se encontram em más condições. Neste sentido, foi feito também um apelo à Câmara Municipal da Praia para que a mesma dê uma atenção especial ao referido bairro, tendo sido ainda mencionado o caso do bairro de Cobom.

“Fomos confrontados no bairro de Cobom por vários cidadãos que disseram que há mais de sete meses que foi retirado uma conduta de água para o abastecimento das suas casas e que continuam a pagar taxa, pedindo que as mesmas sejam retiradas das suas facturas”, informou, garantindo que a UCID, independentemente do pleito eleitoral efetuado em 2020 e 2021, pretende reforçar a sua intervenção e ouvir os moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

EUA banem Rússia do regime normal de comércio internacional

Os Estados Unidos da América (EUA) e os aliados decidiram excluir a Rússia do regime recíproco normal que rege o…
Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

Rússia: Putin fala em "desenvolvimentos positivos" com a Ucrânia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que houve “certos desenvolvimentos positivos” nas conversações com a Ucrânia realizadas nesta sexta-feira,…
Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

Guiné-Bissau: Providência Cautelar provoca novo adiamento do Congresso do PAIGC

O Xº Congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) que deveria decorrer de 10 a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin