Cabo Verde: UCID considera PAICV e MpD irresponsáveis durante pandemia

A UCID criticou as aglomerações promovidas pelo MpD e pelo PAICV durante a pandemia da Covid-19. Para o partido dirigido por António Monteiro, trata-se de uma irresponsabilidade, uma vez que as formações políticas não priorizaram, alegadamente, a saúde pública na campanha eleitoral.

As declarações foram feitas pelo vice-presidente da UCID, João Santos Luís, numa conferência de imprensa realizada nesta quarta-feira, 14 de abril. “Ouvi ontem o próprio MpD e o PAICV, aconselhando os partidos para não fazerem aglomerações, comícios, porque o que está em causa é a saúde pública”, afirmou.

“No entanto, estes dois partidos, ao dizerem isso, de forma hipócrita, mandam realizar comícios, e a prova é que ontem na rua de Lisboa tivemos a realização de um comício festa por parte do MpD. E o PAICV também sabemos que está a preparar para fazer comício hoje ou amanhã, isto em São Vicente, mas está a acontecer também noutras ilhas”, partilhou ainda.

“Todos nós temos visto a expansão exponencial do vírus da Covid-19 em todas as ilhas e por isso continuamos a estranhar a posição destes dois partidos, que já tiveram a responsabilidade de governar e um deles está a governar [MpD], a ter estas atitudes irresponsáveis”, prosseguiu.

Segundo os dados mais recentes da Direcção Nacional de Saúde, houve uma duplicação da taxa de incidência acumulada a nível nacional nos últimos 14 dias. Nesta segunda-feira, dia 12, a mesma era de 348 casos por 100 mil habitantes. Há 14 dias era de 184. Morreram 18 pessoas este mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin