Cabo Verde: UCID quer ver resultado de medidas na vida da população

O líder da UCID, João Santos Luís, elogiou nesta terça-feira, 21 de junho, as medidas tomadas pelo Governo para mitigar a situação de emergência social e económica de Cabo Verde. No entanto, disse esperar pelo impacto dessas medidas na vida das pessoas. 

O dirigente quer saber como o Governo vai gerir os cerca de nove milhões de contos até ao final de 2022, uma vez que “se está a alterar muitas receitas do Orçamento do Estado e ainda não se ouviu o Governo a dizer que vai levar um orçamento retificativo”, cita a “Inforpress”. 

Para que o dinheiro seja gerido com “transparência e rigor”, defendeu, deve ser feito esse esclarecimento. Ainda assim, disse estar “confiante” de que o Governo vai arrecadar os montantes apresentados para mitigar e minimizar o sofrimento das famílias, das empresas e da própria economia do arquipélago. 

João Santos Luís considera que “o país não tem sido preparado para enfrentar desafios e situações de crise” e que “os sucessivos governos têm feito uma gestão diária e não pensam o país, porque se pensassem e fizessem planos para Cabo Verde, neste momento, mesmo com a crise, o país conseguiria amortecer e aguentar as crises que estamos a viver”

As medidas de reação à crise são “muito mais caras” do que as de prevenção, concluiu. Como tal, Cabo Verde “precisa de uma outra orientação política para o colocar num rumo diferente do vivido até agora”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique gastou milhões de euros em documentação nas "dívidas ocultas"

Moçambique gastou milhões de euros em documentação nas "dívidas ocultas"

Moçambique já teve de gastar pelo menos cinco milhões de libras (5,8 milhões de euros) na preparação de documentos para…
Finlândia preparada para confronto com a Rússia

Finlândia preparada para confronto com a Rússia

O chefe das Forças Armadas da Finlândia, o general Timo Kivinen, declarou que o país está preparado para um ataque…
Brasil: Justiça determina prisão de ex-ministro da Educação e Bolsonaro admite que vai respingar nele

Brasil: Justiça determina prisão de ex-ministro da Educação e Bolsonaro admite que vai respingar nele

A Justiça brasileira determinou a prisão preventiva do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na manhã desta quarta-feira (22). O político…
Moçambique: Nyusi não responde a notificação judicial sobre "dívidas ocultas"

Moçambique: Nyusi não responde a notificação judicial sobre "dívidas ocultas"

O advogado da Privinvest, Duncan Matthews, declarou que o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, continua sem responder à notificação judicial…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin