Cabo Verde: UCID quer ver resultado de medidas na vida da população

O líder da UCID, João Santos Luís, elogiou nesta terça-feira, 21 de junho, as medidas tomadas pelo Governo para mitigar a situação de emergência social e económica de Cabo Verde. No entanto, disse esperar pelo impacto dessas medidas na vida das pessoas. 

O dirigente quer saber como o Governo vai gerir os cerca de nove milhões de contos até ao final de 2022, uma vez que “se está a alterar muitas receitas do Orçamento do Estado e ainda não se ouviu o Governo a dizer que vai levar um orçamento retificativo”, cita a “Inforpress”. 

Para que o dinheiro seja gerido com “transparência e rigor”, defendeu, deve ser feito esse esclarecimento. Ainda assim, disse estar “confiante” de que o Governo vai arrecadar os montantes apresentados para mitigar e minimizar o sofrimento das famílias, das empresas e da própria economia do arquipélago. 

João Santos Luís considera que “o país não tem sido preparado para enfrentar desafios e situações de crise” e que “os sucessivos governos têm feito uma gestão diária e não pensam o país, porque se pensassem e fizessem planos para Cabo Verde, neste momento, mesmo com a crise, o país conseguiria amortecer e aguentar as crises que estamos a viver”

As medidas de reação à crise são “muito mais caras” do que as de prevenção, concluiu. Como tal, Cabo Verde “precisa de uma outra orientação política para o colocar num rumo diferente do vivido até agora”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: XII Congresso da Frelimo encerra um dia mais cedo

Moçambique: XII Congresso da Frelimo encerra um dia mais cedo

O XII Congresso da Frelimo começou na passada sexta-feira, 23 de setembro, e iria terminar na quarta-feira, dia 28. No…
Cabo Verde: Donativos internacionais desceram mais de 30%

Cabo Verde: Donativos internacionais desceram mais de 30%

O Ministério das Finanças de Cabo Verde registou uma queda de 30% nos donativos internacionais recebidos até julho, comparativamente ao…
Angola: Secretário do MPLA no Rangel vigiado pelo SINSE

Angola: Secretário do MPLA no Rangel vigiado pelo SINSE

O primeiro secretário distrital do Rangel do MPLA, Josué Gourgel, está a ser vigiado pelo Serviço de Inteligência e Segurança…
Cabo Verde: UCID alerta para "reformas sem planeamento" na Educação

Cabo Verde: UCID alerta para "reformas sem planeamento" na Educação

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) partilhou a sua preocupação em relação à forma como tem sido implementada a…