Cabo Verde: Usadas 95% das linhas de crédito lançadas pelo Governo

Das linhas de crédito Covid-19 lançadas pelo Governo em 2020, quase 95% já foram usadas. O objetivo das mesmas é reduzir as dificuldades das empresas desde que a pandemia começou e levou a quarentenas que prejudicaram negócios. 

De acordo com os dados oficiais divulgados, só em 2021 já foram usados 521,7 milhões de escudos de financiamentos. Estes números constam no mais recente Relatório de Política Monetária do Banco de Cabo Verde (BCV), de abril de 2020 a agosto de 2021. 

No documento pode ler-se que “já foi concedido e utilizado” um montante total de quase 3.120 milhões de escudos (28,3 milhões de euros) “no âmbito das linhas de crédito covid-19 com garantia do Estado”

O BCV lembrou que todas as linhas de crédito em questão beneficiam da garantia do Estado e a taxa de juro não deve ultrapassar os 3%, com um período de carência de seis meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin