Cabo Verde | Diplomacia

Cabo-verdianos ilegais nos EUA com antecedentes criminais podem regressar

Os EUA e Cabo-Verde assinaram ontem um acordo para a expatriação de cidadãos que estejam ilegais e com antecedentes criminais no país do continente americano. Com este acordo, Cabo-Verde poderá vir a receber cerca de 400 emigrantes.

Carlos Veiga, embaixador cabo-verdiano nos EUA, não confirmou o número exato de imigrantes nesta situação. Contudo informou que está a ser estudada uma forma para que os cidadãos cabo-verdianos não sejam embarcados em qualquer voo de regresso sem que antes seja a embaixada tomar as diligências previstas no acordo agora assinado.

Esta decisão da nova administração americana surge depois de nos últimos 4 anos Cabo Verde nada ter feito relativamente à deportação de cidadãos ilegais. Aliás, Cabo Verde fazia até agora parte dos países não cooperantes com os EUA em termos de cidadãos ilegais.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo