ONU diz que Cabo Verde recupera de grande choque económico

O Departamento das Nações Unidas para Assuntos Económicos e Sociais (UNDESA) que segue as economias lusófonas considera que Cabo Verde está a recuperar do maior choque económico desde a independência, devido aos danos causados pela economia da Covid-19.

O arquipélago poderá crescer 3% neste ano de 2021. Segundo o UNDESA, Cabo Verde foi um dos locais mais afetados pela pandemia. Isto porque o turismo representa para o país metade das exportações de bens e serviços, sendo assim uma fonte essencial de receitas.

Se mesmo depois da aplicação da vacina contra a Covid-19 houver um agravamento do número de infetados, explica uma especialista do UNDESA, tal prejudicará ainda mais gravemente a economia.

Isto porque as empresas que aguentaram o confinamento em 2020 encerrarão se tal vier a acontecer novamente, acrescentou.

A inflação do arquipélago manteve-se nos 8% no ano passado, devido à pouca procura interna e também à taxa de paridade com o euro. Prevê-se que tal aumentará para 11,5% este ano, o que permitirá a continuação da política monetária com taxas de juro historicamente baixas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin