ONU e CEDEAO elogiam transparência das eleições em Cabo Verde

A Organização das Nações Unidas (ONU) em Cabo Verde realçou a “maturidade democrática” e o “exemplo dado ao mundo” pelo país com as eleições presidenciais de domingo, 17 de outubro. Recorde-se que o novo Presidente da República do arquipélago é José Maria Neves, com 51,5% dos votos. 

“Cabo Verde acaba de cumprir mais um ciclo eleitoral, colocando a sua maturidade democrática no mais alto patamar. O povo das Ilhas e a democracia saíram a ganhar pela serenidade demonstrada e por mais este degrau na evolução do Estado de Direito”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo escritório da ONU em Cabo Verde. 

“As Nações Unidas em Cabo Verde, parabenizam o povo cabo-verdiano e a todos os envolvidos, por mais este exemplo dado ao mundo e, por levar o nome do país aos quatro cantos do globo com dignidade e sabedoria”, é igualmente mencionado. 

Também a missão dos observadores da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) enalteceu o sufrágio. Segundo os próprios, as presidenciais desenrolaram-se em “boas condições” e com “transparência e credibilidade”

O chefe da equipa, General Salou Djibo, mencionou a rapidez e transparência na transmissão e divulgação dos resultados provisórios no site oficial da Comissão Nacional de Eleições (CNE). As autoridades cabo-verdianos e todas as partes interessadas foram felicitadas pelo dirigente devido aos esforços desenvolvidos para a realização do sufrágio num ambiente de paz. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin