Presidente de Cabo Verde condena golpe de Estado na Guiné Conacri

O chefe de Estado cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, condenou o Golpe de Estado na Guiné Conacri. Neste âmbito, apelou para a “normalidade constitucional”.

Entretanto, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) manifestou-se igualmente contra o sucedido, exigindo a “imediata” e “incondicional” libertação do Presidente da Guiné-Conacri, Alpha Condé.

“Independentemente da posição consensual da CEDEAO, como princípio condenamos qualquer tipo de intervenção militar, e intervenção em jeito de golpe de estado, porque vai ao arrepio das normas vigentes no país”, disse Jorge Carlos Fonseca em relação à instabilidade política vivida no referido país.

As declarações foram feitas nesta segunda-feira, 06 de setembro, enquanto o governante visitava a ilha do Fogo. Para o político, o que se está a passar “não é uma forma legítima de acesso e exercício do poder”, motivo pelo qual merece a “nossa condenação”.

O dirigente de Cabo Verde defendeu que o Presidente da Guiné-Conacri e outros responsáveis políticos devem ter “tratamento digno e humano”, e que “sejam libertados e não submetidos a tratamento inadequados”. Tudo deve ser feito para que “seja reposta a normalidade constitucional”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin