Cabo Verde | Europa

Reino Unido exige quarentena no regresso de Cabo Verde

Os cidadãos residentes no Reino Unido que viagem para Cabo Verde através do corredor aéreo para voos essenciais, que se realizam a partir de Lisboa, capital de Portugal, estão obrigados a uma quarentena no regresso a esse país europeu.

A informação foi enviada aos viajantes pelo Foreign and Commonwealth Office (FCO). Esta entidade é responsável pela proteção dos interesses e cidadãos britânicos no exterior.

Esses cidadãos passam a estar assim obrigados a uma quarentena de 14 dias, de prevenção à Covid-19, no regresso ao Reino Unido de viagens a Cabo Verde.

Ainda segundo o FCO, os cidadãos estão obrigados, também no regresso, a fornecer informação detalhada sobre a viagem e contactos mantidos no arquipélago.

Cabo Verde está encerrado a voos comerciais internacionais desde 19 de março. No entanto, desde 01 de agosto que a transportadora aérea portuguesa TAP assegura um corredor aéreo para voos essenciais a partir de Lisboa, com oito ligações semanais.

Esses voos permitem viagens entre ambos os países (a partir das cidades Lisboa, Praia e Mindelo) por motivos de doença, negócios, estudos, profissionais, oficiais e familiares. A condição para que tal possa ser feito é realizar testes à Covid-19 nos dois sentidos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo