Cabo Verde

União Africana distingue Cabo Verde no combate à malária

Cabo Verde foi distinguido durante a 28ª Cimeira da União Africana (UA), em Adis Abeba, pelos resultados alcançados no combate à malária.

Segundo a ALMA (Aliança de Líderes Africanos contra a Malária), Cabo Verde registou grandes progressos e teve uma elevada classificação nos seus sistemas de gestão do setor público. A taxa de incidência e mortalidade por malária no país, reduziu 40% e prevê-se que seja possível eliminar a transmissão regional da doença até 2020.

O prémio Excelência 2017, atribuído pela ALMA, distinguiu ainda o Botsuana, Comores, República Democrática do Congo, Etiópia, Suazilândia e Uganda, pelos resultados na redução da taxa incidência e de mortalidade; e o Chade, pelo seu papel de liderança na luta contra esta doença. De acordo com dados avançados pela ALMA, a taxa de mortalidade no continente africano reduziu cerca de 62% desde 2000.

Cabo Verde está representado nesta cimeira pelo Presidente Jorge Carlos Fonseca pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo