Cabo Verde:Ilha do Sal, profissionais da saúde promovem feira de saúde

A comunidade da Ribeira Funda, no Sal, foi beneficiada com uma feira de saúde, que ofereceu serviços e orientações de graça aos moradores, promovida pelos Médicos e Enfermeiros que trabalham na ilha do Sal, apoiada pela Verdefam.

O evento, decorreu das 9:00 às 12:00, possibilitando testes de glicemia, aferição de pressão arterial, despiste de HIV, entre outras despistagens.

De acordo com a Médica do Centro de Saúde de Espargos, Manuela Santos Lima, “o objetivo é melhorar a vida das pessoas um pouco, incutir nas pessoas a importância de cuidar da saúde.”

Esta ação, foi feita por profissionais da saúde local, juntamente com o Posto Móvel da Verdefam, para fazer uma chamada de atenção à comunidade para uma vida saudável e evitar doenças com a mudança de hábito, que começou com a ideia de cada profissional de saúde realizar na sua comunidade uma feira de saúde, que será feita uma vez por mês em zonas diferentes.

Segundo o Enfermeiro do Centro de Saúde de Espargos, Igor Monteiro, e também presidente da MAG, (Movimento de Acão jovem) que faz parte da Verdefam, diz que é uma feira para passar informações sobre substâncias químicas, e sobre saúde sexual e reprodutiva principalmente o HVI, já que na ilha do Sal as estatísticas mostram que os casos aumentaram.

“Queremos dar às pessoas oportunidade de fazer as suas consultas, pois os cabo-verdianos tem o feitio de se dirigir ao hospital apenas quando estão doentes e muitas vezes só sentem os sintomas da doença quando esta estiver num estado avançado”, sublinhou Igor Monteiro.

Foi beneficiado moradores de toda a faixa etária, e teve um momento dirigido aos jovens, onde falaram sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis, DST, saúde reprodutiva, tudo o que esteja ligado à saúde e ao bem-estar da população.

Walter Lima, que participou no evento, afirma que “é sempre bom a realização de feiras, porque muitas pessoas não conseguem se dirigir ao centro de saúde, e há também a possibilidade de ter um diálogo aberto com os profissionais podendo tirar inúmeras dúvidas”. Afirmando ainda que é preciso continuar a fazer iniciativas do tipo, que terá um impacto ainda maior podendo ajudar inúmeras pessoas a melhorar de vida.

VerdeFam, é uma ONG, sem fins lucrativas, criada em 25 de março de 1995, na Praia, por mulheres e homens ativistas de desenvolvimento com grande sensibilidade para as questões da família, movidos pela necessidade de defender e promover o direito à saúde, nomeadamente à Saúde Sexual e Reprodutiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

Reino Unido reforça sanções contra oligarcas russos

O Reino Unido informou que vai reforçar as sanções contra a Rússia através de uma aprovação de legislação ocorrida nesta…
Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Entrevista a Olga Boyechko: "Nós temos de olhar para a Rússia como para a Alemanha Nazi nos anos 40"

Olga Boyechko, de 23 anos, é uma cidadã de origem ucraniana, que vive em Portugal há quase 19 anos. É…
Ucrânia diz que corredores humanitários só conduzem a território russo

Ucrânia diz que corredores humanitários só conduzem a território russo

Foram publicados mapas pela agência noticiosa RIA que mostram corredores humanitários, anunciados por Moscovo nesta segunda-feira, 07 de março, a…
Revista de Imprensa Lusófona de 07 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 07 de março de 2022

Em Portugal “Luís Montenegro [um dos nomes apontados para candidato à liderança do PSD] ataca ‘asfixia fiscal’: ‘portugueses são triplamente…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin