EUA deportaram 67 cidadãos da CPLP em 2020

Os Estados Unidos da América (EUA) deportaram 67 cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2020. O número representa uma quebra de 34% comparativamente a 2019.

O relatório de deportações referentes ao ano passado, que contabiliza de 01 de outubro de 2019 a 30 de setembro de 2020, foi elaborado pela agência federal norte-americana para a Imigração e Alfândegas – Immigration and Customs Enforcement (ICE).

Ainda de acordo com os dados oficiais, houve uma diminuição de casos entre cabo-verdianos, tendo a cidade da Praia, capital de Cabo Verde, registado 15 deportados. A deportação deveu-se a vários motivos, mas principalmente ao da imigração ilegal.

Angola ocupou a liderança que era de Cabo Verde quanto às expulsões, uma vez que registou 43 deportações. Trata-se assim de um aumento face às 40 em 2019 e às 32 em 2018.

Quanto à Guiné-Bissau, depois de ter tido quatro deportados em 2019 e cinco em 2018, não registou em 2020 qualquer expulsão de cidadão dos Estados Unidos em 2020. O mesmo aconteceu com São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, tal como nos dois anos anteriores.

Sobre a Guiné Equatorial sabe-se que foram deportados sete cidadãos, comparativamente aos cinco em 2019 e 2018. Já para Moçambique foram deportados dois cidadãos, contra os três no ano anterior e nenhum em 2018.

Em relação a Portugal, o número de portugueses deportados baixou para 47, contra os 101 no ano anterior e 96 em 2018. Por sua vez, o Brasil viu o número de deportados aumentar para 1.902, face aos 1.770 em 2019 e 1.691 em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin