Goa: Primeiro Ministro Modi realiza visita ao Estado

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, realizou, ontem, uma visita a Goa para inaugurar algumas infraestruturas e promover autossuficiência energética.

O governante assinalou a abertura do Centro de Sobrevivência Marítima, que vai permitir a formação e treino anual na área de sobrevivência marítima a mais de 10 000 funcionários. Outro dos destaques da visita foi a abertura do evento India Energy Week 2024, que visa debater o compromisso da Índia em alcançar a autossuficiência energética. O forum, agendado de 6 a 9 de fevereiro, em Goa, é a maior exposição de energia do país.

O Primeiro-Ministro da Índia participou ainda no programa Viksit Bharat, Viksit Goa 2047, inaugurando projetos no valor avaliados em centenas de milhões de rupias, além da inauguração do novo campus do Instituto Nacional de Tecnologia de Goa e o novo campus do Instituto Nacional de Desportos Aquáticos.

Narendra Modi participou, por último, no lançamento da primeira pedra do novo Teleférico e de uma nova estação de tratamento de águas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Macau: Região vai receber cinco modalidades dos Jogos Nacionais da China em 2025

Macau: Região vai receber cinco modalidades dos Jogos Nacionais da China em 2025

A comissão organizadora da 15ª edição dos Jogos Nacionais anunciou que a Região Administrativa Especial de Macau vai acolher as…
Moçambique: MDM continua sem data para realizar o Conselho Nacional

Moçambique: MDM continua sem data para realizar o Conselho Nacional

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) ainda não marcou uma data para realizar o Conselho Nacional. No entanto, o partido…
Universidades vão ter “semestre zero” para alunos dos PALOP

Universidades vão ter “semestre zero” para alunos dos PALOP

O estudo “Perfil do Estudante dos PALOP nas Instituições do Ensino Superior em Portugal: caracterização, expectativas, constrangimentos”, realizado pelo Centro…
Angola poupa 15 milhões de euros ao reduzir contratos de professores estrangeiros

Angola poupa 15 milhões de euros ao reduzir contratos de professores estrangeiros

O Ministério do Ensino Superior de Angola informou que o Governo vai poupar, em 2024, cerca de 15 milhões de…