Turismo em Goa associado a negócios ilícitos

Uma declaração feita pelo ministro da Assistência e Reinserção Social, Dayanand Mandrekar, confirmou a posição do Primeiro-Ministro de Delí, Arvind Kejriwal, durante a sua visita a Goa em que denunciou o turismo no Estado de Goa estar relacionado com drogas e outros negócios ilícitos.

Mandrekar reconheceu publicamente que as drogas estavam disponíveis em todos os lugares em Goa e que o governo tinha sido incapaz de resolver o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

No próximo fim-de-semana, o CCB vai estar na Batalha e em Coimbra

No próximo fim-de-semana, o CCB vai estar na Batalha e em Coimbra

No âmbito de uma parceria estabelecida com a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), o Centro Cultural de Belém (CCB) continua…
Moçambique: Nyusi lança processo de revisão da Estratégia Nacional de Desenvolvimento

Moçambique: Nyusi lança processo de revisão da Estratégia Nacional de Desenvolvimento

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, procede nesta sexta-feira, 17 de setembro, ao lançamento do Processo de Revisão da…
Pandemia diminuiu a taxa de natalidade nos EUA e na Europa

Pandemia diminuiu a taxa de natalidade nos EUA e na Europa

Ao longo da história, as pandemias têm sido um fator-chave na mudança da população humana, graças à mortalidade e ao…
Brasil: 53% dos brasileiros reprovam Bolsonaro

Brasil: 53% dos brasileiros reprovam Bolsonaro

A popularidade do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a bater outro recorde negativo na nova pesquisa Datafolha, publicada esta…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin