Guiné-Bissau

Carlos Lopes demite-se da presidência da Comissão Económica para África

Demitiu-se o secretário executivo da Comissão Económica das Nações Unidas para África (CENUA), Carlos Lopes. Algumas fontes dizem que pode estar à procura de uma posição influente na União Africana (UA).

Carlos Lopes está na presidência da Comissão Económica para África (CEA) há quatro anos e tem sido elogiado pela firmeza contra as “negociações de maus contratos e reformas fiscais insuficientes” no continente.

“Um dos seus principais sucessos, com o ECA, foi na defesa da necessidade de dados e estatísticas melhoradas para tomadas de decisão informadas no continente”, segundo declaração da Comissão.

Foi elogiado por ser “o primeiro a pedir o cancelamento da dívida dos países afetados pelo Ébola no continente e liderou uma equipa que demonstrou que as projeções do impacto económico em África eram muito exageradas e parte de uma narrativa negativa”.

Fontes dizem que é esperado que Carlos Lopes se junte a uma equipa da UA, liderada pelo presidente de Ruanda, Paul Kagame, empenhado na transformação da estrutura do bloco continental, que prevê reformas e gestão de um novo modelo de financiamentos institucionais. “Lopes vai continuar a trabalhar com parceiros, como a União Africana e outros, impulsionando as prioridades do continente, incluindo a Agenda 2063 que ajudou a moldar”, disse a CENUA.

Carlos Lopes encontrou-se com o Presidente Kagame no início deste mês na capital ruandesa, Kigali, juntamente com o economista ruandês Donald Kaberuka, e o ex-presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, que também está previsto fazer parte da equipa. Tanto Carlos Lopes como Kaberuka têm desempenhado um papel crucial no desenvolvimento de um novo modelo de auto-financiamento para a UA, que visa reduzir a sua dependência das doações do Ocidente.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo