Guiné-Bissau | Segurança

CEDEAO inicia retirada militar de Bissau

O Gabinete do Representante Especial do Presidente da Comissão da Comunidade de Estados de África Ocidental (CEDEAO) na Guiné-Bissau, anunciou esta quarta-feira, 17 de fevereiro, a retirada dos materiais da Força de Alerta da Organização Regional ECOMIB em missão no país.

Segundo o comunicado da organização sub-regional, a retirada está a ser efetuada por via marítima devido a impossibilidade técnica de o fazer por via aérea.

Para este efeito, de acordo com nota da CEDEAO enviada à imprensa, os materiais bélicos já se encontram desde início desta semana no porto de Bissau a aguardar o processo de embarque.

A missão da CEDEAO na Guiné-Bissau (ECOMIB) termina o seu mandato em junho de 2016. Os efetivos da Nigéria, que representam a maioria do contingente da ECOMIB, permaneceram no terreno mais de vinte meses, para além do prazo inicialmente previsto.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo