Guiné-Bissau

Direitos Humanos na Guiné-Bissau através de indicadores sociais

Augusto Mário da Silva

A Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH), através do Projecto Observatório dos Direitos, uma iniciativa em parceria com ACEP e CESA, lançou esta terça-feira em Bissau, o 2º Livro, intitulado “ Observatório dos Direitos na Guiné-Bissau”.

O documento reporta os indicadores de Direitos Humanos nas áreas de Saúde, Educação, Água, Energia, Habitação, Saneamento, Justiça e Meio de Subsistência.

O livro, cuja cerimónia de apresentação foi presidida pelo Ministro da Justiça, Luís Olundo Mendes, na presença do Presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Augusto Mário da Silva, e de figuras da representação diplomática da União Europeia na Guiné-Bissau e da Embaixada Portuguesa, em Bissau, apresenta resultados de 2015, ano da segunda recolha de dados, o que permite fazer já algumas comparações com o ano de 2014.

O evento contemplou apresentação da segunda Exposição itinerante que espelha os resultados do trabalho do Observatório e que depois será apresentada nas outras regiões do país.

O Observatório dos Direitos é um projecto financiado pela União Europeia no montante de 300.000 Euros, co-financiado pelo Camões – Instituto de Cooperação e da Língua, no montante de 44.400 Euros.

Lassana Cassamá

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo