Crise | Guiné-Bissau

ECOMIB e forças da ordem reforçam medidas de controlo e segurança no interior do Palácio do Governo

A força da ECOMIB em conjunto com Comissariado Nacional da Polícia da Ordem Pública assim como a Guarda Nacional reforçaram medidas de controlo e segurança no acesso ao interior do Palácio do Governo.

A notícia foi avançada à e-Global por uma fonte próxima do processo que confirmou que estas forças reunidas na manhã esta terça-feira em Bissau, 31 de Maio, na qual também esteve presente o Serviço de Informação de Estado.

“Na reunião que teve lugar esta manhã [terça feira], tivemos em conta aspeto segurança, sobretudo no que diz respeito a entradas e saídas de pessoas no interior do Palácio Governo, onde neste momento se encontram um grande número de pessoas entre as quais membros do Governo em gestão, como forma de evitar infiltração de pessoas estranhas que possam constituir algum perigo”, disse a fonte.

A noite desta terça-feira ficou marcada pela vigília organizada pelos militantes e simpatizantes do Partido Africano da Independência da Guine e Cabo Verde (PAIGC), na qual participaram outras formações políticas, tais como Partido de Unidade Nacional, Partido de Convergência Democrática, Movimento Patriótico e a União para a Mudança.

A iniciativa tem como finalidade reclamar aquilo que o grupo qualifica de ilegalidade cometidas pelo Presidente da República nomeando Baciro Djá, como chefe do Governo.

Desde há cerca de uma semana que os membros do Governo de Carlos Correia se encontram barricados no interior do Palácio do Governo, uma iniciativa aceite pelos antigos combatentes de liberdade da pátria em protesto contra a decisão de José Mário Vaz e solicitam um parecer judicial sobre a nomeação de Baciro Djá.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo