Guiné-Bissau: Aulas ao sábado podem provocar nova crise entre governo e professores

O anúncio feito pelo ministro da educação, Jibrilo Baldé, que aponta que os sábados passam a contar no ano lectivo 2020/2021, como dias lectivos obrigatórios, “é um discurso político que não vincula a ninguém”, protestou ao Capital News, uma fonte do sindicato dos professores.

De acordo com a fonte, “não há nenhuma orientação às direcções das escolas, no sentido de preparar ou constar dos horários, as aulas de sábado”, e acrescentou que em nenhum momento a “introdução” das aulas aos sábados foi discutida com os sindicatos, considerando, por isso, que o discurso do ministro da educação “não passa de política” e que a iniciativa “não tem pernas para andar”.

“Há vários problemas ainda por resolver em relação aos professores. Por exemplo, está pendente a questão de subtracção que houve dos salários dos professores, que este governo prometia resolver (devolver) em Março passado, mas que até agora nada fez.

Segundo informações disponíveis, os sindicatos dos professores vão realizar uma conferência de imprensa esta quarta-feira, 7 de Outubro, para posicionarem-se sobre o início do ano lectivo, “negando, desde já, a ideia das aulas aos sábados”, disse a fonte.

Segundo o calendário oficial, o ano lectivo 2020/2021 arranca esta segunda-feira 5 de Outubro em todo o território nacional.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: Empresários do estado do Espírito Santo apostam em investimentos em Portugal

Brasil: Empresários do estado do Espírito Santo apostam em investimentos em Portugal

O investimento social e cultural é o foco da Associação de Portugueses do Estado do Espírito Santo, no Brasil. De…
Brasil: Petroleiros garantem proteger a Petrobras de ataques às suas instalações

Brasil: Petroleiros garantem proteger a Petrobras de ataques às suas instalações

A categoria dos petroleiros do Brasil aderiu aos atos convocados pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) e os seus sindicatos,…
Guiné-Bissau: Direcção Geral de Viação reduz tarifas dos transportes públicos

Guiné-Bissau: Direcção Geral de Viação reduz tarifas dos transportes públicos

A Direcção-geral dos serviços de Viação e Transportes Terrestres da Guiné-Bissau decidiu “reduzir a tabela de preço dos transportes públicos,…
Moçambique: FADM anunciam morte de 14 terroristas

Moçambique: FADM anunciam morte de 14 terroristas

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram que mataram 14 terroristas, incluindo um líder, no âmbito da Operação…