Guiné-Bissau: Candidatos e apoiantes apreensivos enquanto esperam pelos resultados provisórios

DSP Sissoco

Os resultados provisórios das eleições presidenciais de este domingo, 29 de Dezembro, só serão conhecidos na quarta-feira, 1 de Janeiro. Até lá, o momento é de suspense e de muita apreensão entre os dois candidatos e os seus apoiantes. Os dados detectados nas actas de apuramento encorajam cada uma das partes, mas agravam a apreensão de certos.

A cidade de Bissau acordou com muita ansiedade. Na administração pública, nos estabelecimentos privados, nos locais de encontro ao pequeno-almoço, transportes públicos e nos mercados, o tema dominante são as eleições e os resultados. Mas sobretudo a probabilidade de cada uma das partes.

O que é notável é que, apesar de muita ansiedade em cada uma das partes, insiste em certas informações que alguns apoiantes nem querem ouvir. Basta admitir a possibilidade de uma candidatura ganhar, é logo motivo para revolta dos apoiantes contrários. Cada um tem o seu fundamento para não aceitar a escolha de um ou outro. Mas a verdade é que cada um faz as suas contas.

Irrefutável é o crescimento de Umaro Sissoco Embaló em quase todos os círculos eleitorais, consequência das alianças com Nuno Nabian, terceiro classificado na primeira volta, José Mário Vaz, quarto classificado e Carlos Gomes Jr. quinto classificado.

Não houve transferência automática dos resultados, é verdade que, no caso do candidato Umaro Sissoco Embaló verificaram-se progressos assinaláveis em diferentes zonas, a começar pela cidade de Bissau. Depois mantém o seu domínio nas duas regiões de leste (Bafatá e Gabú) e fala-se no progresso nas regiões de Oio e Cacheu.

O momento é de muita especulação e muita campanha eleitoral. Até parece que a campanha ainda não terminou. Domingos Simões Pereira mantém o domínio em Bissau, Biombo, Bolama e na Diáspora. Há um equilíbrio total nas regiões de Tombali e Quínará. As duas regiões destacam-se pelo reduzido número de eleitores e a diferença entre os dois candidatos não será significativa.

Nas redes sociais, há uma guerra de emoções. Cada uma das partes fornece os seus dados. E são voláteis e mutantes. Basta saber que num determinado momento, uma pessoa que dá determinados dados, avança com outros de um momento para outro.

Tudo está em aberto e ambos candidatos têm possibilidade de vencer as eleições. Pelo menos são estas as indicações que as candidaturas deixam e é o que a sociedade admite. A ansiedade está em constante briga com as preferências, mas a realidade e a verdade deverão dar solução assim que, dentro de 48 horas, Pedro Sambú, presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) anunciar os resultados provisórios oficiais.

Os apoiantes de Umaro Sissoco Embaló, motivados pela recuperação que obtiveram em várias localidades, mostram-se confiantes e na noite de 29 (dia das eleições) e ouviram-se alguns buzinões de festejo, em sinal de vitória. Os adeptos de Domingos Simões Pereira estavam mais contidos, argumentando a posição assumida com o respeito ao apelo feito pela Comissão Nacional de Eleições, que em conferência de imprensa exortou as estruturas e candidaturas para não fazerem algo que levasse oficiosa indicação de resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Irão apreende navio cargueiro com o bandeira portuguesa no Estreito de Ormuz

Irão apreende navio cargueiro com o bandeira portuguesa no Estreito de Ormuz

As forças iranianas foram acusadas de apreender um navio cargueiro, este sábado, no Estreito de Ormuz, a cerca de 80…
Moçambique: Confederação das Associações Económicas alerta para a possibilidade de escassez e subida de preços de produtos alimentares no sul do país

Moçambique: Confederação das Associações Económicas alerta para a possibilidade de escassez e subida de preços de produtos alimentares no sul do país

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique alertou, esta semana, para uma eventual escassez de produtos agrícolas e consequente subida…
Goa: Residentes Ribandar retiram barreiras de proteção 

Goa: Residentes Ribandar retiram barreiras de proteção 

Depois de mostrarem o seu descontentamento pelo atraso das intervenções do projeto da “Cidade Inteligente” e pela ausência de opções…
BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

BAD prevê crescimento de 3,4% na economia de Timor-Leste

O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) divulgou um relatório onde é previsto um crescimento de 3,4% na economia timorense. Esta…