Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Casos confirmados com Covid-19 quase duplicam com 33 infectados

O significativo aumento dos casos confirmado de Covid-19 foi anunciado durante a conferência de imprensa diária mantida pelo Centro Operacional de Emergência de Saúde (COES), entidade governamental empenhada no combate à epidemia.

Um dos responsáveis do COES, Tomane Baldé tentou esclarecer sobre o aumento de mais de 15 infectados, todos residentes em Bissau, e sobre a existência de ventiladores, que está a gerar grandes debates nas redes sociais guineenses, sendo também posta em causa a capacidade do governo lidar com a situação.

Segundo Tomane Baldé existem dois ventiladores no Hospital Militar, e o Hospital Nacional Simão Mendes, que recebe os infectados com Coronavírus, “tem alguns também”, disse Tomane, que assumiu desconhecer o número exacto de aparelhos neste hospital.

Tumane Baldé precisou também que uma equipa de técnicos psicossociais está pronta para ser enviada às residências dos infectados e os sensibilizar sobre a necessidade de serem transferidos para o Hospital Simão Mendes.

Vítor Madrigal

Entretanto a ONG Ajuda Intercâmbio e Desenvolvimento (AIDA), formou 60 agentes de saúde para o combate à pandemia do novo Coronavírus. Os novos agentes são finalistas do curso superior de medicina e enfermagem, e foram imediatamente empenhados no combate ao Covid-19.

Em declarações à e-Global o delgado da ONG AIDA em Bissau, Vítor Madrigal, explicou que a iniciativa da sua ONG está ser apoiada pela União Europeia e o pelo Banco Mundial e será orientada pelo serviço de infecciologia do Hospital Nacional Simão Mendes e do Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA).

Esta equipa, composta por novos agentes, vão prestar serviços de apoio psicológico e social às famílias infectadas, mas também continuar com a tarefa “primordial de sensibilizar a população.

Guiné-Bissau anunciou os dois primeiros casos de Coronavírus no país a 25 de Março, tendo em 12 dias registado 33 casos confirmados.

Lauren Carvalho Hamelberg

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo